Introdução



terça-feira, 25 de dezembro de 2007

CD - CLAUDIA NATAL - Vários interprétes

CD promocional da Revista CLAUDIA com músicas de natal tradicionais.
Um repertório de muito bom gosto.
Destaque para a canção White Christmas, interpretada por Bing Crosby.
Outras canções de Natal inesquecíveis integram o album.

domingo, 2 de dezembro de 2007

CD - MULHER - Minisérie da Globo



Minisérie da GLOBO com desempenho das atrizes PATRICIA PILAR e EVA VILMA.
Destaque em música para o choro de Abel Ferreira FALA BAIXINHO na voz romantica de MARIA BETHANIA. Grau 10.

sábado, 1 de dezembro de 2007

CD - LEITURA DO CORAÇÃO - Mariangela Marques

Primeiro CD da amiga e excelente cantora
MARIANGELA MARQUES.
Com arranjos de renomados músicos cariocas liderados por ALEXANDRE DE LA PEÑA, ela interpreta músicas dos melhores compositores brasileiros a exemplo de INGÊNUO (Pixinguinha} e VEM VIVER AO MEU LADO (Tom Jobim).

sexta-feira, 30 de novembro de 2007

LP - MÚSICA PARA AMAR - VOL 8 - Vários interpretes latinos

Lindas canções latinas com um elenco de grandes cantores latinos. Destaque para María Martha Serra Lima - Te Amaré En Silencio - O título sugere que o amor deva ser silencioso. Concordo. Para que tanto espalhafate. Está incluído no download a capa frontal e a contra capa original do LP.

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

CD - NAVIDADES - Luis Miguel

CD com musicas de Natal no virtuosismo de Luis Miguel
Canções natalinas tradicionais.Achei apropriado para a época.
Quero aproveitar e desejar aos amigos e usuários do blogger BOAS FESTAS.
Um NATAL com DEUS e a família.
Um ANO NOVO esplendoroso.

Siga com serenidade nos caminhos da vida...
porque todos ensinam e transformam...
levarão à força consciente do poder,
mestres dessa nossa passagem pela terra...
São noites... são escuridões...
Podem ser também luz ... claridade
Porque nunca estamos sozinhos...
Estamos com a nossa fé,
Estamos com nossa capacidade interior.
Estamos com um acumulado de vivências...
Estamos em convivência com energias diversas...
Cabe a nós, sintonizar a melhor energia...
Neste natal e ano-novo que se aproxima:
Faça como o sol que desafia a noite escura todos os dias...

NASÇA E BRILHE!!!
(Jane Lagares)

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

CD - MEXICO EN LA PIEL - Luis Miguel



01.-El Viajero (03:37)
02.-Entrega Total (02:14)
03.-Echame A Mi La Culpa (03:10)
04.-Mexico En La Piel (03:29)
05.-Cruz De Olvido (03:30)
06.-De Que Manera Te Olvido (02:31)
07.-Luz De Luna (02:54)
08.-Motivos (03:32)
09.-Cielo Rojo (02:55)
10.-Paloma Querida (02:45)
11.-Que Seas Feliz (03:06)
12.-Un Mundo Raro (02:40)
13.-Sabes Una Cosa(Bonus Track) (03:20)

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

CD - MIS BOLEROS FAVORITOS - Luis Miguel


01.- No Me Platiques Mas
02.- La Barca
03.- La Gloria Eres Tu
04.- No Se Tu
05.- Historia De Un Amor
06.- Somos Novios
07.- Solamente Una Vez
08.- El Dia Que Me Quieras
09.- El Reloj
10.- Por Debajo De La Mesa
11.- Encadenados
12.- Sabor A Mi
13.- Perfidia
14.- Hasta Que Vuelvas
Tem 4 faixas bonus

domingo, 25 de novembro de 2007

COLETÂNEA - Claudia Barroso

Cláudia Barroso, cantora e compositora brasileira. Iniciou carreira no disco nos anos 60, gravou "Nenhum de vocês" e "Dio como te amo", sem muito sucesso. No início dos anos 70 ficou nacionalmente conhecida como jurada do programa Silvio Santos, ainda na TV Globo. Nessa época teve um romance com o cantor Waldick Soriano. Quando voltou a gravar fez incrível sucesso, com seu temperamento forte e sem meias palavras; seus grandes sucessos são "Ah se eu fosse você", "Quem mandou você errar", "Por Deus eu juro", "A vida é mesmo assim", "Mentiroso" , "O gavião", entre outros. No ano 2000 gravou um cd ao vivo.

sábado, 24 de novembro de 2007

CD- HOMENAGEM Á FOLIA - Bloco da Saudade

CD do BLOCO DA SAUDADE representante do que existe de melhor na carnaval pernambucano. A tradição e a harmonia do frevo de bloco com um lirismo poético dentro da folia. Bandolins, violões, violinos, bombardinos e cavaquinhos desfilam nos blocos pelo RECIFE ANTIGO e nas ladeiras de OLINDA. Conheçam.

sexta-feira, 2 de novembro de 2007

CD - O SOM DO SAX - VOL. 2 - Marcelo Moreno

O som do SAX vol 2, assim como o anterior tem um repertório maravilhoso. Destaques para a AVE MARIA de Shubert que nunca tinha ouvido na suavidade desse lindo instrumento. EU SEI QUE VOU TE AMAR (Tom Jobim) e TODO SENTIMENTO(Chico Buarque) completam na minha modesta opinião os destaques desse album.

domingo, 30 de setembro de 2007

CD - O SOM DO SAX - VOL 1 - Marcelo Moreno

Em 2004 estava no Rio no Shopping 45 da Tijuca quando ouvi um som de sax no meio da praça da alimentação. Me sentei em uma mesa pertinho do som e ai conheci Marcelo Moreno. Som limpo, repertório suave e de bom gosto. Tomei uns chops e não resisti em comprimentar e parabenizar o artista no intervalo do show. Comprei dois CD's do
excelente saxofonista que o apelido do Kenny G brasileiro. Tomara que gostem.!

sábado, 29 de setembro de 2007

SELEÇÃO ERNESTO CORTAZAR - Rio de Sonhos

A primeira vez que ouvi a canção River of Dreams (Rio de Sonhos)fiquei em estado de total deslumbramento. As notas suaves do piano deslizavam suavemente e passei a ouví-la mais umas dez vezes. Não conhecia Ernesto Cortazar que é pouco divulgado no Brasil e não vi nas lojas sequer um CD dele para vender. Consegui finalmente reunir 20 canções tradicionais do grande artista mexicano. Está ai a coleção pra vocês.

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

SELEÇÃO DE VALSAS - Augusto Calheiros


Augusto Calheiros, marcou história na Música Popular Brasileira.Tenho razões especiais para ter escolhido essas 20 valsas desse fenomenal cantor, personalíssimo e de voz diferenciada. Mesmo considerando que as gravações são originais de 1928 a 1940, são de execente qualidade sonora, conservando-se na íntegra os arranjos com que foram gravadas. Calheiros nasceu em Maceió mas passou sua infancia e grande parte de sua vida na minha cidade natal Garanhuns. Foi logo apelidado de “A patativa do Norte”, pela sua voz afinadíssima e estilo peculiar de cantar, que o tornariam um dos cantores mais originais do seu tempo. Iniciou seu grande sucesso e sua carreira artística em Recife e depois se transferiu para o Rio de Janeiro onde faleceu em 1956. Vele a pena baixarem e ouvirem essas relíquias musicais. Sendo hoje a data em que completo meus 63 anos, não vejo nada mais próprio que postar essas músicas que marcaram minha infância e que me trazem grandes recordações. Há uma música de Calheiros que fala de minha cidade. Diz assim a letra:

"SAUDADES DO MEU NORTE

ADEUS MEU NORTE QUERIDO
MACEIÓ TÃO CONHECIDO
TERRA ONDE EU NASCI.
ADEUS PERNAMBUCO TÃO GUERREIRO
GARANHUNS HOSPITALEIRO
TERRA ONDE EU VIVI
ADEUS CIDADE NORTISTA
GARANHUNS E BOA VISTA
FOI AONDE ME CRIEI
RECIFE CIDADE DA ESPERANÇA
GUARDO SEMPRE NA LEMBRANÇA
NÃO SEI QUANDO VOLTAREI

AINDA ESPERO
QUEM ESPERA SEMPRE ALCANÇA
TENHO MUITA ESPERANÇA
AO MEU GARANHUNS VOLTAR
QUANDO ME LEMBRO
D0 SERTÃO DAQUELA TERRA
LÁ DO ALTO DO MAGANO
DÁ VONTADE DE CHORAR "

domingo, 16 de setembro de 2007

CD - OS BOLEROS QUE GOSTAMOS DE CANTAR - Trio Irakitan

Dois LP''s (vinil) transformados em CD( remasterizados) do maior trio vocal de todos os tempos.
A maioria das faixas são da primeira formação do trio e a que fez maior sucesso.
Formado em 1950, o grupo ganhou o nome, que, em tupi-guarani significa “mel verde”, ou, metaforicamente “doce esperança”, do folclorista Luiz Câmara Cascudo. O Trio já teve diversas formações e antes de ser reconhecido no Brasil, passou 3 anos excursionando pela América Latina. De volta ao Brasil em 1954, integraram o elenco da Rádio Nacional e, no mesmo ano, gravaram seu primeiro LP, "Vozes e Ritmos do Trio Irakitan", pela Odeon. Atingiram o auge na mesma década, participando de 12 filmes e gravando, durante a carreira, mais de 50 discos, um dos quais ao lado de Nat King Cole. Surgido na cidade de Natal capital do estado do Rio Grande do Norte em 1947 o grupo era formado por Edinho Reis de França no violão, Paulo Gilvan Duarte Bezerril no afoxé e João da Costa Neto no tantã. Depois de um inicio tímido em Natal iniciaram sua caminhada de sucesso apresentando-se em 1950 na Rádio Clube de Pernambuco estendendo depois a excursão para diversas capitais nordestinas. Curioso é que o Trio Irakitan conquistou fama indo na contra-mão do natural da época que era ir ao Rio de Janeiro. Antes de chegarem a capital do país e em função do êxito de suas apresentações no Nordeste viajaram por alguns anos para as Guianas, América do Sul e Central percorrendo vários países e ao chegarem no México alcançaram enorme popularidade e prestigio cantando musicas brasileiras em castelhano que foram convidados a participar do filme Leva-me em teus braços, estrelado por Ninon Sevilha , interpretando Bannzo, do compositor alagoano Hekel Tavares e O vento , de Dorival Caymmi.
Afinadíssimos e possuindo excelentes vozes formaram um conjunto harmônico muito agradável atuando com belos arranjos vocais aliados a um repertório da melhor qualidade, dessa forma a cada novos discos e apresentações seu conceito e fama junto ao publico brasileiro so fazia aumentar. A discografia do Trio Irakitan é uma das mais belas de nosso cancioneiro no quesito grupos vocais. Não mais apareceu na MPB um grupo tão melodioso como o Trio Irakitan. Aproveitem ! escutem ! boleros tradicionais do grupo que é o espoente máximo. A formação original sofreu logo cedo a trajédia do falecimento de Edinho e posteriormente também sofreu a perda de Joãozinho que teve um choque anafilático após anestesia em uma simples cirurgia plástica. Atualmente da formação inicial, apenas Gilvan continua ao lado dos irmãos Edil e Edilson mantendo o Trio Irakitan na nossa memória.

sábado, 8 de setembro de 2007

CD - PARA ALÉM SA SAUDADE - Ana Moura

A MÚSICA PORTUGUESA, especialmente o FADO, estava guardada no meu coração há tempo. Na verdade, meu fascinio pelo choro e pelo cancioneiro brasileiro, me anestesiou e deixou adormecido esse encantamento que tenho pela música lusitana. Já era tempo de acordar e, para isso, devo agradecer a uma grande e querida amiga de Lisboa, ANA ALBUQUERQUE, que tirou o algodão dos meus ouvidos. É com grande prazer e em tom de gratidão, que posto esse CD maravilhoso da cantora, fadista ANA MOURA. São duas ANAS que estarão sempre comigo:
A cantora, que escutarei no meu player e a grande amiga, que sempre esteve no meu coração.
Obrigado ANA por sempre me aturar no MSN e pela linda participação no Vamos falar de choro? e também pelas lindas mensagens no ORKUT .

quinta-feira, 6 de setembro de 2007

CD - NOITES DE GALA, SAMBA NA RUA - Mônica Salmaso

Hoje, fui ao show de MÔNICA SALMASO no Teatro FENAC, na Liberdade - SP. Vai ai de graça, bem fresquinho o CD, em formato mp3 próprio da internet. Sempre gostei da voz da Mônica, mas não tinha idéia do que seria ela no palco. Sai do
teatro convicto da grandeza de ter assistido um grande espetáculo e de ter o privilégio de ver e ouvir uma grande artísta. Junto a Mônica se apresentou o Conjunto PAU BRASIL que deram um colorido especial ao show. O repertório impecável, com músicas de Chico Buarque, teve direção musical e arranjos do virtuoso violonista Paulo Belinatti.

sexta-feira, 31 de agosto de 2007

CD 3 - Gravações Originais RCA - (1935-1942)Orlando Silva, o cantor das multidões !

Rapaz humilde do subúrbio , numa época em que a concorrência se fazia na base do talento , na juventude dos 20 anos , Orlando abraçou a fama e a glória ao inaugurar um estilo único de cantar que arrastava ao seu redor multidões de admiradores. Não havia quem nele não reconhecesse o intérprete para todos os gêneros , o artista que sabia extrair de sua voz privilegiada , mesmo nas canções singelas , todas as possibilidades e impossibilidades , com modulações de graves e agudos impossíveis , mas que emitia com a maior segurança e facilidade. Um fenômeno vocal que , sem favor ou ufanismo , poderia se exibir em qualquer parte do mundo. Fenômeno inexplicável , a não ser pelos desígnios superiores , pois , nascido em berço pobre , não recebera suficiente educação formal , não conhecia teoria musical e não tocava nenhum instrumento , mesmo de ouvido. Tudo nele era instintivo.
Voz , interpretação e sentimento definem o cantor e intérprete que alcançou a maior popularidade e devoção para sua arte no Brasil , ORLANDO SILVA

quinta-feira, 30 de agosto de 2007

CD 2 - Gravações Originais RCA - (1935-1942)Orlando Silva, o cantor das multidões !

Orlando Silva,em 1954 conquistou o titulo de Rei do Rádio. Nessa época, fazia o programa Doze Badaladas, levado ao ar ao meio-dia, com grande audiência. Em 1955 retornou a Odeon, na qual permaneceu ate 1959. Obteve sucesso no Carnaval de 1958 com Eu chorarei amanhã (Raul Sampaio e Ivo Santos). Reconquistou definitivamente a popularidade com o lançamento pela Victor do LP Carinhoso, revivendo todos os antigos sucessos. Gravou, ainda em 1959, o LP Última estrofe. Em 1960, novamente na RCA Victor, lançou o LP Por ti e, no ano seguinte, o LP Quando a saudade apertar. Em 1962 gravou o LP Sempre sucesso. Incluindo músicas de Taiguara, Antônio Carlos e Jocafi, Edu Lobo, Torquato Neto e Gilberto Gil, em 1975 lançou pela RCA Victor o LP Hoje, completando 40 anos de carreira artística.
Fonte: Biografia: Enciclopédia da Música Brasileira
Art Editora e PubliFolha

quarta-feira, 29 de agosto de 2007

CD 1 - Gravações Originais RCA - (1935/1942) Orlando Silva, o cantor das multidões !

Fase aurea da maior voz brasileira de todos os tempos. Orlando Silva de 1935 a 1942, conseguiu gravar todos esses sucessos com sua voz deslumbrante, linda e cheia de truques. Nunca cantou o mesmo verso da mesma maneira.
Um repertório imenso.
Há um fato marcante que me liga ao Cantor das multidões: faleceu no mesmo dia que minha mãe. 07.08.1978.

terça-feira, 28 de agosto de 2007

CD - LAÉRCIO HOMENAGEIA JACOB - Laércio de Freitas e Alessandro Penezzi


Há muitos anos fui reporter no Jornal do Comércio em Recife. Então acho que tenho a veia do furo de reportagem (a noticia antes de tudo e de todos). Dai, postar esse CD no blog, é certamente um furo, com duplo prazer. Primeiramente, postando esse disco com suas 13 faixas (tesouros musicais) em homenagem a obra de Jacob Bittencourt (Jacob do Bandolim). Em segundo lugar, dar um vapt vupt na divulgação desse lindo trabalho do Maestro Laércio de Freitas que mais uma vez presta grande serviço para a MPB. Assisti o show do lançamento do CD hoje no auditório do SESC-PAULISTA e tive o privilégio de ganhar o disco das mãos do próprio maestro que juntamente com Alessandro Penezzi o autografou, com gestos de pura bondade e de completo desapêgo material. Aliás, falar em desapêgo das coisas materias, há de se ressaltar que isto é próprio do modus vivendi artístico. Êles, na grande maioria, elevam seu espírito para transmitir o talento para todos. É o caso de LAÉRCIO DE FREITAS e de ALESSANDRO PENEZZI. São eles a maior prova de que a alma artística é uma chama, um pássaro de fogo, que salta, de galho em galho, gritando: não posso permancer imóvel, tenho que arder ! E como se pode arder apegado as coisas materias ? como se pode ter dom iluminado pelo Espirito Santo, tendo dentro de si o afâ da glória e da fortuna ? Não é a toa que Laércio tem o codinome de TIO. Na verdade, TIO é o codinome bondoso que seus fãs lhe deram em reconhecimento a figura humana e carinhosa que ele é. E se Laércio é TIO por certo Alessandro é sobrinho, pela mesma forma de ser e de se apresentarem ao público. Juntos, tio e sobrinho, interpretam o pai Jacob numa parte de sua grande obra, quase oculta, pouco apresentada. Cabe ressaltar, que ouvi apenas algumas dessas faixas gravadas em bandolim pelo Deo Rian. Acho que somente agora, piano e violão se entrosam tão harmoniosamente no som jacobiano. Parabéns Laércio ! pela criação e de ter se seduzido pela idéia do Alessandro em gravar Jacob Bittencout. Ficou lindo seus arranjos! e sua execução é primorosa !. Parabéns ! Alessandro !pela idéia e por se destacar no seu instrumento diante de tantas virtuoses.

segunda-feira, 27 de agosto de 2007

LP - BRASIL, SERESTA - Carlos Poyares



Excelente esse disco de Carlos Poyares . Lindas valsas serestas, que foram gravadas por cantores como Orlando Silva, Silvio Caldas, Carlos Galhardo e Francisco Alves.
Poyares é um dos maiores flautistas de todos os tempos e lidera juntamente com
Altamiro Carrilho o rankink nesse instrumento.
Há uma particularidade sobre Carlos Poyares ... tirava som de uma flauta de lata e gravou um disco legendário com ela. O Brasil tem uma grande safra de flautistas, mas esses dois marcaram época. Vale a pena mencionar aqui os grandes flautistas brasileiros: Copinha, Marcelo Gonçalves, Dirceu Leite, Alvaro Carrilho, Derico, Prof. José Arimatéa de Pernambuco e mais recentemente Alexandre Maionese. O Brasil teve a sorte também de importar uma flautista japoneza que hoje lidera os grupos de choro no Rio. Chegou ai e já é Professora de flauta da UNIRIO...Naomi Kumamoto é o nome da fera nipônica.

domingo, 26 de agosto de 2007

LP - VOCÊ E EU - Teresa Salgueiro

Ouvi esse disco e despertou o interesse de saber quem era Teresa Salgueiro. Fiquei surpreso ao saber que é a tremenda voz feminina do MADREDEUS grupo Português. É lindo esse CD...que repertório inusitado. Que arranjos, quanta sensibilidade musical, que voz afinada.
Parabéns! Teresa ... Não deu para perceber que você é portuguêsa.tal a interpretação sem sotaque. Pensei que tinha nascido no morro do Salgueiro - RJ

sábado, 25 de agosto de 2007

LP - O MELHOR DO VIOLÃO - Vários Interpretes

Durante toda a vida escutei músicas e dei preferência ao instrumental. Há letras lindíssimas com poesias criativas e encantadores. No entanto, são os acordes, as harmonias, os arranjos que mais tocam minha alma. Por isso selecionei vários solos de violão, cujas páginas musicais venho ouvindo ao longo desses anos.
Vejam os titulos abaixo:

sexta-feira, 24 de agosto de 2007

CD - ABISMO DE ROSAS E OUTROS SOLOS DE VIOLÃO - Alessandro Penezzi

Na próxima terça feira, no SESC PAULISTA, será lançado o CD de LAÉRCIO DE FREITAS em homenagem a JACOB DO BANDOLIM. Como convidado especial estará presente no show o grande violonista paulista ALESSANDRO PENEZZI. Por isso posto esse CD do Alessando no blog. Vale a pena conferir.

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

CD - CHOROS DE PAULINHO DA VIOLA - Marcia Taborda

Ontem, passei a noite ouvindo esse CD e fui me deliciando com a beleza da execução e dos arranjos dessa violonista que não conhecia.
Também não sabia da grandiosidade das composições Paulinianas para violão. Fiquei encantado. Choros, valsas, tangos entranhavam meus ouvidos e cheguei a me emocionar. Agradeci a DEUS por me permitir aos 63 anos poder ainda escutar coisas assim que me fazem arrepiar, sonhar e perceber com a mesma emoção que sentia ouvindo Dilermando Reis, Garoto, Luiz Bonfá, Laurindo de Almeida, Carlos Barbosa Lima, no velho radio RCA de meu pai, quando tinha oito anos de idade. PAULINHO DA VIOLA, dispensa comentários. No momento cabe apenas aplaudir a esse grande músico que nos dá essa multiplicidade musical. Estou fazendo brevemente uma postagem com um CD(mp3)virtual com solos de violão.
Estou incluíndo a primeira faixa desse CD cujo título é ITANHANGÁ e com isso espero fazer uma homenagem singela a Paulinho da Viola e Marcia Taborda, esperando que um dia eles possam conhecer as outras musicas dessa visionária seleção.
Quanto a violonista MARCIA TABORDA, busquei na internet subsídios para divulgá-la, mas sei que tudo que escreveram sobre ela ainda é pouco para exaltar seu talento. Abaixo transcrevo na íntegra uma referencia feita pelo Currículo do Sistema de Currículos Lattes:

Marcia Ermelindo Taborda

Marcia Taborda Violonista, cantora, musicóloga. Das raras intérpretes brasileiras que se dedicam ao repertório contemporâneo, Marcia Taborda vem desde 1989 atuando em Bienais e Festivais de Música no Brasil e exterior como Porto Alegre Em Cena, Montags Musik Brasilien em Berlim e Pro Musica Nova promovido pela Radio Bremen, realizando primeiras audições de inúmeros trabalhos. Doutora em História Social pela UFRJ com a tese "Violão e identidade nacional: Rio de Janeiro 1830/1930. Desenvolveu paralelamente estudos de canto com o soprano Carol Macdavit e especializou-se em repertório contemporâneo com Joan LaBarbara e Christine Schadberg em Nova Iorque. Uma das vencedoras do Programa de Bolsas Rioarte - 2004, realizou a pesquisa "O violão brasileiro em 78 RPM". Única brasileira a receber o prêmio The 1997 Kennedy Center Fellowships of the Americas, com projeto de pesquisa sobre a utilização da voz no repertório contemporâneo. É co-autora do livro "500 anos da música popular brasileira" e pesquisadora responsável pela seleção de faixas e texto informativo do CD duplo de mesmo nome, uma realização da FMIS e FAPERJ. Estudiosa da história do violão no Brasil, tem artigos publicados em revistas especializadas como "Soundboard", editada pela Guitar Foundation of America, "Revista Brasiliana" da Academia Brasileira de Música, "Revista da Música Popular", entre outras. Gravou para a Acari Records o CD "Choros de Paulinho da Viola" com a obra do compositor escrita para o violão e para o selo ABM Digital, o CD "Musica Humana", com obras do repertório brasileiro contemporâneo. É professora de violão e Coordenadora de Pesquisa do Departamento de Música da Universidade Federal de São João del-Rei. (16/09/2004)
(Texto informado pelo autor)

Última atualização do currículo em 28/03/2007
Endereço para acessar este CV:
http://lattes.cnpq.br/3048002134755260

segunda-feira, 13 de agosto de 2007

LP - QUANTO MAIS SAMBA MELHOR - Miltinho



O que me chamou atenção nesse LP de Miltinho foi uma música cujo título é
CHORAR EM COLORIDO,
que quero abaixo transcrever,
na íntegra:




Se é certo eu te perder
vou aprender, um jeito de chorar por ti
bem feito eu me deixar
acostumar a ser assim, de ti

Se é certo eu te perder
vou aprender
o jeito exato de chorar

E o fim seja qual for
vou caprichar,
chorando o nosso amor

Prometo e acredito, chorar bonito
bem a rigor.
Se for a teu pedido
Eu choro em colorido
Meu bem escolhe a cor.


Sobre Miltinho com sua voz e ritmo diferenciado, não há muito o que dizer, disseram já tudo sobre ELE. Artista consagrado nacionalmente e internacionalmente, com uma bagagem que vem desde o tempo dos 4 azes e um Coringa. Voz contundente, afinação perfeita, é talvez o melhor cantor ritmista do Brasil. Tanto interpreta sambas tradicionais como sambas canções melódicos e sentimentais. Aliás Miltinho canta tudo... Tem um disco de boleros que ando caçando para postar aqui no blogger. Tomara que eu o encontre.

domingo, 12 de agosto de 2007

LP - DEZ DEDOS MÁGICOS NUM VIOLÃO DE OURO - Antonio Carlos Barbosa Lima

Com 13 anos de idade Antonio Carlos Barbosa LIma gravou esse LP que é uma raridade musical. Com efeito, é obra para colecionador. É dentro dessa arte que o pequeno grande violonista, com esse microssulco, nos brinda com um recital dos mais atraentes. Se nas peças do seu Professor, Isaias Sávio - " Interpretações de rua ", " Batucada ", " Agogô " (Cenas Brasileiras e " " Sarabanda " - há o sabor popular, ainda que a execução delas seja das mais dificeis, na " FUGA " de Bach, no " Prelúdio " de Vila Lôbos, no " Noturno " de Chopin, o sentido inerente às páginas de classe se faz presente de maneira integral. A graciosidade e a vivacidade exigidas do dedilhar do solista se faz sentir no " Minueto " de Rameau, e na " Caixinha de Música " de Tárrega, enquanto que a absoluta segurança e domínio completo do violão são demonstrados, de maneira plena, em " As Abelhas ", de Agustin Barrios, e em " Vivo e Enérgico " (da homenagem a Boccerini), de Castelnuevo Tedêsco.
Assim, cabe notar, pelas peças do concêrto oferecido através desse disco, Antonio Carlos Barbosa Lima, com seus 13 anos, não é um artista comum. Ficarão convencidos disso após ouvirem o LP.

sexta-feira, 10 de agosto de 2007

CD - CLÁSSICAS - Jane Duboc e Zezé Gonzaga

Duas grandes estrelas da MPB, se reúnem para brindar o público com esse CD maravilhoso, com um repertório impecável de lindas canções brasileiras. Zezé Gonzaga, veterana cantora brasileira, sabe tudo de cantar e encantar. De voz afinada e maviosa, Zezé, fez sua carreira de maneira sóbria e por isso é admirada por todos. É sem dúvida a grande LADY da MPB. Não sei porque não tem uma grande discografia. Gostaria muito de ter todos os discos dela... Não vejo no mercado seus discos antigos e com isso fico frustado. Conheço seu primeiro CD Sou Apenas uma Senhora que Ainda Canta", lançado pela gravadora Biscoito Fino, do Rio de Janeiro, que colheu diamantes da música brasileira contemporânea e do passado. Sempre que posso assisto seus shows, cada vez mais raros. Recordo que fazia parte das Cantoras do Radio junto com Carminha Mascarenhas, Violeta Cavalcanti, Nora Ney, Rosita Gonzales e Ellen de Lima.
JANE DUBOC dispensa até comentários. Cantora consagrada, pesonalíssima, com grande presença no palco, vários CD's lançados e todos de enorme sucesso. Não deixem de ter esse album. É divino e magestoso !

domingo, 5 de agosto de 2007

CD - ROBERTO SILVA HOMENAGEIA ORLANDO SILVA


Para os apreciadores da grande música popular brasileira, temos aqui excelente oportunidade para reviver 12 páginas gravadas por ORLANDO SILVA entre os anos 37 e 42 do século passado.
Numa justa homenagem ao " Cantor das Multidões ".
Roberto Silva
com sua voz suave e com nova concepção musical interpreta docemente, canções que marcaram época, daquele que foi um dos maiores cantores desse País, de todos os tempos.

terça-feira, 31 de julho de 2007

CD - CONSTELLATION - Grupo Gem e Elenco Constellation


CONSTELLATION
é um daqueles espetáculos que ocorre de tempos em tempos e, desde a estréia, vem lotando o Café Teatro Arena.
Em seis meses a peça musical foi assistida por mais de 35 mil pessoas. A direção musical de Mauro Machado Jr. garantiu uma qualidade impar a peça. Os garotos do Grupo GEM e as atrizes Adriana Quadros, Patricia Levy e Sabrina Korgut demonstraram muito talento e garra. O surgimento do CD foi um passo importante. Quem já assistiu vai relembrar do delicioso repertório. Quem só ouvir o disco poderá compartilhar o talento desta jovem equipe cantando inesquecíveis sucessos de um passado recente. Tenho um enfoque especial para postar esse CD. Na verdade, assisti a peça convidado por minha cunhada já falecida Maria Massako Ikeno.
Foi uma noite formidável. Uma delicia !

segunda-feira, 30 de julho de 2007

CD - TANGO BRASILEIRO - ERNESTO NAZARETH - Izumi Tateno

CD importado feito na Finlândia. Execução e gravação primorosa desse talentoso pianista ISUMI TATENO.
O intrumentista percorre pelas melhores composições de ERNESTO NAZARETH , considerado por muitos o pai do Choro. Eu afirmo que Nazareth é o pai do choro, da valsa e do tango. Será exagêro ? Descubram !

domingo, 29 de julho de 2007

LP - SEMPRE A SONHAR - vários interprétes

Esse LP é imaginário !... selecionei algumas músicas e espero com isso trazer para os amigos e usuários, obras raras, sendo que alguns interprétes e algumas músicas não foram gravadas comercialmente. Sempre a sonhar é um samba canção de Radamés Ghatalli interpretado pelo grande músico Paulo Moura . Espinha de Bacalhau , choro de Severino Araújo é um primor na interpretação de Jorge Cardoso , jovem bandolinista brasileiro que já vem demonstrando maturidade musical no cenário de instrumentistas do gênero. Dois pernambucanos “no exílio” - Teca Calazans (em Paris) e Heraldo do Monte (em São Paulo) - gravam no Rio seu primeiro CD juntos. Um disco minimalista, só os dois, num clima de cumplicidade e beleza melódica, onde sucessos dos anos 30 se juntam a achados de Sinhô, Meira, João Chaves, Laurindo de Almeida e Jackson do Pandeiro, além de clássicos e pérolas colhidas de Elomar, Jararaca e Alvarenga & Ranchinho. Selecionei aqui duas músicas desse CD:
Falando ao teu retrato de Chocolate e também Minha Saudade de Laurindo de Almeida .

sábado, 28 de julho de 2007

CD - THE DORIS DAY COLLETION

Quem não se lembra dessa ruiva esfusiante, de voz meiga e profunda que nos encantou no cinema lá pela década de 60 ? Sou sexagenário e recomendo para todos de minha idade ouvirem essas canções apaixonantes e reviverem essa cantante que tocou nossos corações e aprimorou nossos ouvidos em filmes como: Confidências a meia noite, Corações Apaixonados, Ardida como pimenta, Um amor de Professôra, O homem que sabia demais e tantos outros. Essa colletion apresenta músicas não muito conhecidas, mas vale a pena baixarem para conhecerem outras páginas musicais de Doris Day ... Prometo que farei uma seleção de músicas dos principais filmes da artista e postarei com muito prazer para nosso deleite.

sexta-feira, 27 de julho de 2007

CD - ALMA PERNAMBUCANA - Claudio Almeida e convidados.

Nasci em PE e tenho o maior orgulho de ter um músico de minha terra com essas qualidades de excelente violonista, compositor, arranjador, pessoa simples e de refinada educação.
Tive o privilégio de receber no meu endereço esse CD enviado por Cláudio Almeida num gesto de bondade e de completo desprendimento. Parabéns para você, grande artista pernambucano de Pesqueira. Muito obrigado ! " O combustível que alimenta a fornalha da cena musical pernambucana nos últimos anos parece inesgotável. O mais recente talento moldado no calor da terra do frevo e do maracatu atende pelo nome de Cláudio Almeida.
No seu segundo disco, Alma pernambucana , o violonista ousa com arranjos originais e interpretações arrojadas para temas consagrados do cancioneiro regional. Mas surpreende sobretudo pela riqueza das composições de sua própria autoria. É o que acontece com a armorial Pingando fogo. Impossível não ouvir a faixa e associá-la imediatamente ao movimento idealizado pelo escritor e dramaturgo Ariano Suassuna. Aliás, o criador do Quinteto Armorial é homenageado com uma das músicas mais lindas do disco, Ariano. Mais adiante, a Paradisíaca Praia de Serrambi, um dueto do violão de Cláudio com Jehovah da Gaita, impressiona. É aquele tipo de melodia diante da qual nenhuma alma dotada do mínimo de sensibilidade consegue ficar indiferente. Somente a audição dessa faixa - que chega a lembrar a excepcional participação de Toots Thielemans em Constance, de Guinga - justificaria a gravação do disco. Mas o trabalho é de fôlego. E tem muito mais... São nada menos que 18 faixas recheadas de xote, coco, frevo, ciranda, maracatu, caboclinhos, bossa nova... E até, pasmem, um originalíssimo brega: Garçom. Nas mãos de Cláudio Almeida, o ''clássico'' de Reginaldo Rossi ganha um inusitado arranjo. Outra vez, Jehovah tem participação magistral ao transformar a gaita em bandoneón. O resultado é que um nuevo tango substitui a fossa tupiniquim. Com um toque mais refinado, mas não menos dramático. No álbum há também participação especial de Geraldo Azevedo. A parceria ocorre em Inclinações musicais, a primeira música composta por Geraldinho, em 1963. E uma homenagem a Alceu Valença, em que a Estação da luz recebe a visita do Trenzinho do caipira, de Villa-Lobos, evocada pelo cello de Fabiano Menezes. "

CD - DESCENDO O MORRO - Roberto Silva


CD do sambista carioca ROBERTO SILVA Linda voz. Roberto é um grande cantor que interpreta vários gêneros de músicas. Assim que puder postarei para os amigos um CD do artista que é uma homenagem ao cantor ORLANDO SILVA. Aguardem !

quinta-feira, 26 de julho de 2007

CD - 3 POR ACASO - Bisdré - Victor Steiner - Vitor Cabral - Música Instrrumental Brasileira

Três jovens estudiosos músicos de São Paulo se reúnem e fazem essa preciosidade musical.
Um repertório de bom gosto. Uma viola(viola de arco) virtuosa, um violão sete cordas primoroso e um percurcionista tarimbado, conseguem se revezar em solos e contrapontos perfeitos. Um trabalho sutil e sobejamente delicioso.
Parabéns !
Quero enviar um abraço especial ao amigo BISDRÉ por ter colocado um link de enlace do nosso PRELUDIANDO no seu impecável blloger Memória Suburbana . É um gesto como esse que me dá a certeza da grandeza de seu coração. Te admiro muito amigo. Muito sucesso para vocês. O caminho é esse mesmo, sei que vocês fazem o melhor da Música Popular Brasileira.

quarta-feira, 25 de julho de 2007

LP - VIBRAÇÕES- Jacob do Bandolim

Este LP de Jacob do Bandolim foi gravado com a execução do artista em seu bandolim n.1.
É considerado pela crítica e comentadores musicais como o melhor disco do fenomenal instrumentista.

terça-feira, 24 de julho de 2007

CD CLUBE DO CHORO DE PORTO ALEGRE

O Choro é inerente ao espírito singularmente alegre, brejeiro e afetuoso do povo brasileiro. É um poema que flutua a esmo, livre e sem rumo sobre a pauta. Sua graciosa melodia, crivada de contratempos e surprendentes diminutas adapta-se, perfeitamente, desde ao aristocrático piano, ao romântico bandolim, à letárgica flauta, ao atrevido e insolente cavaquinho. Vale a pena ouvir esse CD. Uma obra prima.

domingo, 22 de julho de 2007

HOMENAGEM A NARA LEÃO - Raridades


Nara Leão , faleceu na manhã de 7 de junho de 1989 vítima de um câncer cerebral aos 47 anos de idade. Dez anos antes já tinha descoberto sua doença e mesmo assim guardou-a em segredo e continuou sua carreira brilhante de grande cantora e fundadora da bossa nova. É no sofrimento que vemos quanto vale uma pessoa. Muitos se entregam ao sofrimento e se tornam imprestáveis.
Outros, no entanto, reagem e apenas vivem de forma diferente. Mudam a forma de viver, mas não perdem o entusiasmo pela vida nem se transformam num fardo para parentes e amigos. Nesses anos Nara trabalhou com afinco consolidando sua brilhante carreira e se constituiu na musa da bossa nova.
Sou seu fã incondiconal, não apenas pela grande cantora que foi da MPB,(ganhadora de festivais)mas principalmente pela mulher corajosa, discreta e exemplar. Nara, nos deixa o maior exemplo de que ninguém se deve gloriar do próprio sofrimento e fazer dele uma "fonte de renda" para afagar a própria vaidade e merecer a atenção dos outros, assim como ninguém pode amar só a si mesmo e viver fechado no próprio amor pervertido. O sofrimento tem que ser uma escola onde aprendemos a mais dolorosa lição da vida, ou seja, que somos mendigos, sempre necessitados da presença dos outros, que devemos morrer para nós mesmos e viver para fora do nosso mundo. Ela aprendeu isso e viveu a grandeza de desentranhar o valor do sofrimento. Por conseguinte,conseguiu a sabedoria de imortalizar sua vida nesse mundo e ganhar a vida eterna.

sexta-feira, 20 de julho de 2007

LP CHORINHOS - Severino Araújo


SEVERINO ARAÚJO
GRANDE MAESTRO DA ORQUESTRA TABAJARA.
Compositor e clarinetista. Destaque para sua composição, o choro ESPINHA DE BACALHAU.

quinta-feira, 19 de julho de 2007

CD - SOUL HARMONICA - Jehovah da Gaita

Grande músico pernambucano Jehovah Tavares de Lucena nasceu em Recife, no dia 04 de maio de 1943.A paixão pela música começou cedo, nos antigos cinemas da capital pernambucana.E sua carreira começou já em 1957, quando se apresentava na Rádio Jornal doCommercio.
Em 1960,passou a se apresentar também na TV Jornal do Commercio,juntamente com a Orquestra Sinfônica, no programa Noite de Black Tie. Na década de 60, participou do nacionalmente famoso Trio Harmônico (trio de harmônicas),com os irmãos Emílio Damasceno e Ênio Damasceno, com quem gravou um LP. Ao longo das últimas décadas,Jehovah da Gaita vem se apresentando em diversos eventos e festivais, tocando ao lado de artistas internacionais e nacionais. Entre os artistas internacionais, encontram-se Edsel Gomez (piano - nascido em Puerto Rico, mas radicado nos Estados Unidos), David Richards (Sax - USA), Joe Carter (guitar - USA)e Art Farmer(trumpet - USA).Já entre os artistas nacionais, estão Paulo Moura (clarinete), Raul de Souza (trombone), Luiz Eça (piano), Claudio Almeida (violão), Orlando Lins (piano), Maestro Clóvis Pereira (piano), Maestro José Gomes (piano), Jussiara Albuquerque (piano clássico), Jairo Vaz (piano clássico), Leila Pinheiro, Nora Ney, Luiz Gonzaga, Dominguinhos e Teca Calazans. Em 1999, Jehovah gravou o CD Soul Harmonica e o premiado internacionalmente (Revista Jazz Today - USA) Pisando em Brasa, com Canhoto da Paraíba.Hoje, além de eventos e festivais, Jehovah se apresenta regularmente em Bares Night Clubs e no Shopping Center Tacaruna, aonde toca desde 1997.

segunda-feira, 2 de julho de 2007

CD BOLEROS - Soledad Bravo

Soledad Bravo é considerada uma das maiores vozes da América hispânica. Nascida em 1943, em Logroño, La Rioja, Espanha, emigra para a Venezuela aos sete anos de idade. Em Caracas faz os seus estudos primários e secundários, estes últimos no Liceu Rafael Urdaneta, onde formou um grupo musical com o qual actua em diversos eventos estudantis.Iniciou-se profissionalmente interpretando e tocando poetas espanhóis e americanos, recorrendo a diversas expressões folclóricas do continente para revolucionar logo as formas populares da canção ‘CARIBENHA’ e continental.

Já gravou mais de trinta CD’s, todos eles editados já em diversos países da América Latina e da Europa, abrangendo todos os estilos, mesmos os mais distantes e diversificados, como é o caso do folclore judeu-espanhol ou salsa, a grande poesia hispano-americana ou o jazz, a ranchera ou o bolero, sempre com enorme êxito, partindo sempre da sua grande riqueza vocal e da sua grande inteligência interpretativa.

domingo, 1 de julho de 2007

CD INESQUECÍVEIS BOLEROS - Chucho Valdés e Irakere

Boleros tradicionais. Vale a pena baixar. Bela voz e magestoso piano.
Chucho Valdés é considerado um dos melhores pianistas do mundo e um compositor respeitado que tem obras como Mambo Influenciado e Misa Negra, que abriram caminhos para as atuais gerações de músicos cubanos.

quarta-feira, 27 de junho de 2007

CD CANÇÕES DE AMOR PARA BEBÊ - Mariana Aya

Nasceu hoje Mariana Aya com 3,198 KG...Nascimento no mês dos Santos ...São João e São Pedro.
Essa é a maior comprovação que DEUS ainda não esqueceu a humanidade. Seus pais Eduardo Ikeno e Michele Ikeno estão radiantes de felicidades e seus tios avós João Bosco e Suzue Ikeno prestam essa singela homenagem.